Ostracismo de Trump

A decisão de múltiplas plataformas de excluir Donald Trump de seus serviços marca uma virada no presente da democracia que ainda não compreendemos totalmente. Um punhado de empresas privadas, responsáveis ​​apenas perante seus acionistas e usuários, decidiu que o presidente cessante de um país democrático deveria ser efetivamente excluído do debate público, ou pelo menos em uma de suas principais formas - a mais próxima, horizontal e direta.