LIBERDADE DE EXPRESSÃO NO PERU

36 LEIS

59 PROJETOS

INFOGRÁFICOS

[id do visualizador = »2539 ″]
[id do visualizador = »2540 ″]
[id do visualizador = »2541 ″]
[id do visualizador = »2542 ″]

COMPATIBILIDADE COM O QUADRO INTERAMERICANO
(Análise tripartida)

[id do visualizador = »4914 ″]
[id do visualizador = »4913 ″]
[id do visualizador = »2539 ″] [id do visualizador =» 2540 ″]
[id do visualizador = »2541 ″] [id do visualizador =» 2542 ″]

COMPATIBILIDADE COM O QUADRO INTERAMERICANO
(Análise tripartida)

[id do visualizador = »4914 ″] [id do visualizador =» 4913 ″]
Documento Regional

Este artigo analisa os últimos vinte anos de produção legislativa e os últimos cinco de iniciativas legislativas relacionadas ao exercício da liberdade de expressão, incluindo os seguintes tópicos: crimes de expressão (injúria, calúnia e difamação), disseminação de informações falsas ou falsas notícias, desprezo, proibições de divulgação de certos tipos de informações públicas ou privadas, violência na expressão (especialmente na Internet), crime de terrorismo e crime de desculpas e responsabilidade de intermediários ou plataformas da Internet pelo conteúdo divulgado por seus usuários.
O autor analisa criticamente as principais leis e projetos de lei apresentados durante esse período e, embora descarte a possibilidade de traçar uma tendência clara e ponderada dos legisladores peruanos, questiona a facilidade com que proliferaram as regras que criminalizam ou agravam as leis. sanções aplicáveis ​​a diferentes formas de expressão. Especialmente aqueles que concedem tratamento menos favorável à expressão na internet.